Sexta-feira, 4 de Novembro de 2016

sexta-feira

A mulher desceu o Chiado com uma lentidão estranha, o corpo a evitar qualquer coisa, talvez a dor ou o conjunto de dores, não importava, a mulher descia o Chiado, vendo os turistas e os outros como ela. Na mala um livro de Millás e o gosto de saber que é sexta-feira. Depois, num repente, alguém gritou o seu nome e a mulher pensou que não queria conhecer ninguém. Era tarde.

publicado por Patrícia Reis às 16:42
link do post | comentar

por este mundo acima_

Por este mundo acima

pesquisar neste blog_

 

arquivos_

Os Livros_

Clique na imagem

para comprar o livro.




















subscrever feeds