Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2010

A Patrícia e o cão que fareja anjos

Hoje sonhei com a Patrícia no Inferno. Havia um cão que farejava anjos caídos, todos com cara de criança, olhos cerrados, um semi sorriso nos lábios. Sonhei que andávamos as duas a passear, a ver o Haiti com um guia turístico espanhol, não sei porquê. O cão seguia-nos. Por vezes latia e, rápido, mergulhava num buraco de terra, num escombro de um prédio, de uma vivenda. Na boca trazia o destroço de um anjo, as asas caídas, por vezes, partidas, asas sem qualquer brilho. A Patrícia acendeu um cigarro e perguntou

 

O que queres ser quando fores grande?

Bailarina.

 

Ela riu-se e disse que eu era ridícula. O sonho terminou.

publicado por Patrícia Reis às 02:26
link do post | comentar

por este mundo acima_

Por este mundo acima

pesquisar neste blog_

 

arquivos_

Os Livros_

Clique na imagem

para comprar o livro.




















subscrever feeds